Thomas Alva Edison


Thomas Alva Edison – inventor

Nasceu em 11 de fevereiro de 1847, em Milan, estado de Ohio, EUA. Faleceu em 18 de outubro de 1931, em West Orange. Pertencia a uma família de classe média. Seu pai, Samuel Edison, era canadense, descendente de holandeses, marceneiro e carpinteiro de profissão, vendia de tudo, além de imóveis. A mãe, Nancy Eliot Edison, havia sido professora e teve sete crianças.


Thomas Edison
Thomas Edison em 1922.

Educação Formal

Durante três meses, Edison frequentou a escola pública de Port Huron mas acabou sendo expulso por ser muito impertinente e não conseguir acompanhar os outros alunos como seus professores gostariam. Nancy, sua mãe, encarregou-se pessoalmente da sua educação. Esta decisão foi crucial na trajetória de Thomas Edison, que recebeu uma melhor educação do que a maioria das crianças da sua idade, sobretudo pela especial dedicação de que foi alvo. Nancy soube transmitir ao seu filho o amor pela leitura, fazendo-o ler, desde muito cedo, grandes obras da história e da literatura.

O trabalho na estação de trem

Edson conseguiu um emprego de vendedor de doces e jornais no trem que fazia a linha Port Huron-Detroit. Com o apoio do seu chefe, instalou um laboratório químico no vagão postal, onde nas horas vagas estudava e fazia experimentos. Em 1862 aprendeu telegrafia e logo se tornou um ótimo profissional. Construiu dois aparelhos telegráficos e se empregou como telegrafista na estação de Strattford, próximo de Port Huron.

A surdez

Há relatos históricos de que Thomas começou a perceber algo errado com seus ouvidos quando trabalhava para a companhia de trens na parte de cargas: estava atrasado para entrar no trem, quando foi puxado pelas orelhas por um companheiro de trabalho para dentro do vagão de cargas. Outra versão diz que ele foi pego pelas orelhas para não cair de um trem. Ele disse que ouviu algo "estalar" dentro de seus ouvidos. Talvez Edison tenha pensado que isso havia causado sua perda auditiva, mas os especialistas duvidam disso.

Outro incidente para seu problema de audição foi quando ainda na companhia de transporte ferroviário, obteve autorização superior para montar um laboratório num vagão de carga vazio. Ali, nas horas de folga, se ocupava a fazer experiências com produtos químicos, quando alguma coisa saiu errada e um incêndio começou. Novamente um funcionário, desta vez um chefe, correu para ajudá-lo a combater o fogo que queria consumir o vagão, ficando este muito irritado com Thomas, que narra este episódio assim:"... apanhei com tanta severidade que fiquei meio surdo depois desse incidente". Com certeza o homem havia lhe dado tapas em seus ouvidos.

Hoje em dia acredita-se que uma das principais causas da surdez de Edison tenha sido uma crise de febre escarlate (escarlatina) durante a infância, juntamente com infecções recorrentes do ouvido médio não tratadas. Certa vez Thomaz disse: "...não ouço o canto de um pássaro desde que tinha treze anos".

Invenções

Nos seus 84 anos, Thomas Edison adquiriu um número recorde de 1.093 patentes (isoladamente ou em conjunto) e foi a força motriz por trás de grandes inovações. Ele também criou o primeiro laboratório de pesquisa industrial do mundo, onde ele fez alguns de seus trabalhos mais conhecidos. Edison havia se tornado um dos homens mais famosos do mundo quando tinha 30 anos. Além de seu talento para a invenção, Edison também era um fabricante e empresário de sucesso, altamente qualificado em divulgar suas invenções - e a si próprio - ao público.

Dentre as principais invenções atribuídas a ele podemos citar: a lâmpada elétrica incandescente, a estrada de ferro eletromagnética, a câmera cinematográfica, a bateria de carro elétrico, o fonógrafo, o microfone de carbono, caneta elétrica de estêncil, embalagem a vácuo, gravador de voto eletrográfico, rodas de borracha.

A maioria desses inventos não é completamente original, muitas ideias foram compradas por Edison, em seguida melhoradas e desenvolvidas pelos seus numerosos empregados. Nos dias de hoje Edison tem sido criticado por não ter compartilhado os créditos das invenções.


Thomas Edison e a Lâmpada
Thomas Edison e uma de suas lâmpadas.

Morte

Thomas Edison morreu aos 84 anos em 18 de outubro de 1931, em sua propriedade em West Orange, Nova Jersey, vítima da Doença de Bright.

Frases de Thomas Edison


Nossa maior fraqueza está em desistir. O caminho mais certo de vencer é tentar mais uma vez.

Muitas das falhas da vida acontecem quando as pessoas não percebem o quão perto estão quando desistem.

O gênio é 1% de inspiração e 90% de transpiração.

Mostra-me um homem cem por cento satisfeito e eu mostrar-te-ei um fracassado.

Tudo alcança aquele que trabalha duro enquanto espera.

A oportunidade é perdida pela maioria das pessoas porque ela vem vestida de macacões e se parece com trabalho.

Se fizéssemos todas as coisas de que somos capazes, nós nos surpreenderíamos a nós mesmos.

5% das pessoas pensam. 10% das pessoas pensam que pensam. Os outros 85% preferem morrer a pensar.

Eu aprendi muito mais com os meus erros do que com meus acertos.

Uma experiência nunca é um fracasso, pois sempre vem demonstrar algo.

Se quiser ter uma boa idéia, tenha uma porção de idéias.

A surdez foi de grande valia para mim. Poupou-me o trabalho de ficar ouvindo grande quantidade de conversas inúteis e me ensinou a ouvir a voz interior.

Quando você esgotar todas as possibilidades, lembre-se disso: você não esgotou todas elas.

Thomas Edison
Inventor

Referências:

THE HISTORY CHANNEL. Biografia de Nancy Elliott Edison. Disponível em: <https://canalhistoria.pt/blogue/biografia-de-nancy-elliott-edison/>. Acesso em: 13 Dez. 2019

BIOGRAPHY. Thomas Edison Biography. Disponível em: <https://www.biography.com/inventor/thomas-edison>. Acesso em: 13 Dez. 2019

PENSADOR. Frases de Thomas Edison. Disponível em: <https://www.pensador.com/thomas_edison_frases/>. Acesso em: 13 Dez. 2019

DILVA FRAZÃO. Thomas Edison. Disponível em: <https://www.ebiografia.com/thomas_edison/>. Acesso em: 13 Dez. 2019.

LUCIANO URPIA. Morte de Thomas Edison. Disponível em: <http://mortenahistoria.blogspot.com/2011/07/morte-de-thomas-edison.html>. Acesso em: 13 Dez. 2019.

ROBERT TRAYNOR. The Deafness of Edison. Disponível em: <https://hearinghealthmatters.org/hearinginternational/2013/the-deafness-of-edison-part-i/>. Acesso em: 13 Dez. 2019.

Informações do Artigo:

Publicado: 01/06/18 | Atualizado: 19/03/20 | Acessos: 2154

ALMIRC_RD

Autor:
ALMIR CRISTIANO

© Todos os direitos reservados. Para a reprodução de trechos de texto e/ou imagens é necessário citar o nome do autor, a página https://www.libras.com.br/surdos-famosos-thomas-alva-edison e a data de acesso.


Fale Conosco